terça-feira, 29 de novembro de 2011

RECOMEÇAR DO ZERO

 Você já quis ter uma borracha especial para apagar algo que fez, que aconteceu, algo que doeu tão fundo ou teve conseqüências tão graves que você daria tudo para voltar atrás e recomeçar?
Há muitos que dariam tudo na vida para recomeçar do zero, ter uma nova oportunidade para agir diferente, tomar outras decisões, fazer diferentes escolhas. E eu sei que muita gente já recomeçou uma nova vida, já deu uma volta importante que fez com que os caminhos mudassem de direção e isso sempre é possível.
Mas não é possível recomeçar do zero. Recomeçar do zero não existe! Não existe fingir que não houve um passado e não estar ligado a ele de alguma forma. Não existe zerar o coração, nem as emoções, mesmo se passássemos nosso tempo voltando os ponteiros do relógio.
A verdade é que se pudéssemos recomeçar do zero, numa amnésia existencial, cometeríamos erros novamente, choraríamos de novo... porque não traríamos conosco essa carga de experiência que carregamos hoje, que às vezes até pesa, mas é nossa e isso não podemos negar, nem renunciar.
E é melhor assim: acreditar que tudo o que fizemos valeu de alguma forma. Erramos? Sim, e daí? Aquilo que reconhecemos como erro não faremos novamente e cada vez que tropeçamos e aprendemos com isso, colocamos algo mais na nossa bagagem da vida.
Lamentar por algo que não se teve? Que perda de tempo! As lamentações pelo que não fizemos não acrescenta nada na nossa vida. Precisamos viver de coisas concretas, do que realizamos, do que tivemos, mesmo se as perdemos.
Quem nos julga deveria julgar-se primeiro.
Ninguém é de todo bom e de todo mal. Não existem pessoas melhores que as outras, apenas as que ainda querem aprender e as que já perderam a esperança. Quem não chora por fora, chora por dentro, a diferença é que nesse caso ninguém percebe.
É possível recomeçar a vida, com novas ambições, fazer do velho, o novo e com uma grande vantagem: dessa vez existirão os parâmetros de comparação, as chances serão maiores de tomar decisões acertadas.
Então, acredite: tudo o que você viveu até agora valeu a pena porque é dessa vivência que você tira seu aprendizado.
Se você tem 30, 50 ou 80 anos, você pode fazer sua vida diferente ainda, você pode olhar o mundo com olhos novos.
Deus não condena ninguém. São as pessoas mesmas que condenam-se quando cruzam os braços, imobilizam as pernas e colocam uma venda nos olhos.
A vida continua, mesmo se muitos desistem. E ela é muito mais rica para aqueles que abrem os braços ao futuro, dão as mãos ao passado e recomeçam. Essas pessoas jamais sentirão-se sozinhas.

(Letícia Thompson)

Muita paz

sábado, 26 de novembro de 2011

ELEGÂNCIA DO COMPORTAMENTO

 Não há caminho novo. O que há de novo é o jeito de caminhar.

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, seja cada vez mais rara: a elegância do comportamento. É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples "obrigado" diante de uma gentileza.

É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto. É uma elegância desobrigada.
É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam. Nas pessoas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no boca a boca.

É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas. Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.

É possível detectá-la em pessoas pontuais.

Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está.

Oferecer flores é sempre elegante.

É elegante não ficar espaçoso demais.

É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao de outro. É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais. É elegante retribuir carinho e solidariedade. Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do gesto.

Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante. Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural através da observação, mas tentar imitá-la é improdutivo.

A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que "com amigo não tem que ter estas frescuras".

Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os inimigos é que não irão desfrutá-la.

Educação enferruja por falta de uso. E, detalhe: não é frescura.

É a elegância do comportamento.

Feliz final de semana

Muita paz

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

PAZ

 Emmanuel
Paz não é indolência do corpo. É saúde e alegria do espírito.

Se é verdade que toda criatura a busca, a seu modo, é imperioso reconhecer, no entanto, que a paz legítima resulta do equilíbtio entre os nossos desejos e os propositos do Senhor, na posição em que nos encontramos.

Recebido o trabalho que a Confiança Celeste nos permite efetuar, é imprescindível saibamos usar a oportunidade em favor de nossa elevação e aprimoramento.

Disse Pedro -" Busque a paz e siga-a."

Todavia, não existe tranquilidade real sem Cristo em nós, dentro de qualquer situação em que estejamos situados, e a fórmula de integração da nossa alma com Jesus é inavariável: - "Negue cada um a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me."Sem essa adaptação do nosso esforço de aprendizes humanos ao impulso renovador do Mestre Divino, ao invés de paz, teremos sempre renovada guerra, dentro do coração.

Feliz final de semana

Muita paz

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

INFLUÊNCIAS

  Emmanuel

Todas as regiões da vida terrestre experimentam a
influenciação espiritual de variados matizes.
Busquemos o concurso das forças que materializam o bem, associando-nos a ele, em todas as circunstâncias.
Se nada oferecemos de útil, que podemos receber das energias que difundem na Terra o suprimento dos recursos divinos?
Há sempre, no imo de nossa alma, o propósito de recolher as graças do Céu.
Quase todo espírito se julga o mais importante credor das bênçãos divinas.
Entretanto, ninguém consegue “alguma cousa” sem esforçar-se de algum modo.
Semente que germina, vencendo os empecilhos do solo, obtém, mais tarde, o favor do fruto.
A fonte que abandona o poço onde nasceu, arrojando-se para diante, na conjugação do verbo servir, alcança a grandeza do mar.
O homem que se destaca, pelo esforço na própria elevação, dirige-se para vanguarda de luz, convertendo-se em abençoado instrumento dos Celestes desígnios, no progresso humano.
Ajuda aos outros e serás amparado pelos heróis do bem.
Semeia a fraternidade e conquistarás a influência benéfica de milhares de irmãos.
Obteremos sempre, de acordo com as nossas próprias obras.
Se o lodo transforma em lodo a terra que o visita, o fogo converte em fogo o combustível que o procura.
Não olvides que de ti mesmo depende a natureza das forças que te inspiram para o bem ou para o mal.
Se desejas descer aos abismos da sombra, encontrarás o auxílio das potências que ainda se comprazem nas trevas, mas, se anseias pela subida aos montes da sublimação terás, contigo, o socorro de todas as inteligências que já se consagram à luz.

Feliz semana

Muita paz


domingo, 20 de novembro de 2011

CRESÇAMOS PARA O BEM

"Porque aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus, pois não lhe dá Deus o Espírito por medida"
JESUS (JOÃO, 3:34.).

Observa a munificência das concessões Divinas por toda a parte.

Enquanto o homem raciona a distribuição desse ou daquele recurso, Deus não altera as suas Leis de abundância.

Anota na Terra em torno de ti:

O Sol magnificente nutrindo a vida em todas as direções...

O ar puro e sem medida...

A fonte que se dá sem reservas...

Tudo infinitamente doado a todos.

Tudo liberalmente repartido.

Qual ocorre às concessões do Senhor na ordem material, acontece no Reino do Espírito.

As portas da sabedoria e do Amor jazem constantemente abertas. Os tesouros da Ciência e as alegrias da compreensão humana, as glórias da arte e as luzes da sublimação
interior são acessíveis a todas as criaturas.

No entanto, do rio de graças da vida, cada alma
somente retira a porção de riquezas que possa perceber e utilizar proveitosamente.

Estuda, observa, trabalha e renova-te para o bem.

Amplia a visão que te é própria e auxilia os outros, ajudando a ti mesmo.

Recorda que Deus a ninguém dá seus dons por medida, contudo, cada alma traz consigo a medida que instalou no próprio íntimo para recepção dos dons de Deus.

Feliz domingo

Muita paz

sábado, 19 de novembro de 2011

COMECE HOJE MESMO


Meu amigo, se a dor lhe bate à porta, lembre-se dos benefícios de que é portador e não desfaleça.

A Bondade Divina não articula pensamentos para o mal.

A ferida que dilacera ou o desgosto que perturba, temporariamente, costuma encerrar incalculáveis recursos de elevação.

Tenha paciência e não esmoreça no bem.

Se a desorientação lhe entrava os passos, use a prece. A oração realiza milagres.

Se possível, reúna aqueles que você ama, dentro da mesma vibração de confiança no culto do Pai Celestial.

Se está doente e desalentado, peça a bênção do Senhor para o copo de água fria que lhe atende à sede, porque da Fonte Divina fluem substâncias de paz e restauração para quantos lhe pedem socorro ao sublime poder.

Se você permanece em desespero, não permita que a sua desventura culmine em gestos de suprema revolta.

Espere mais tempo, antes de qualquer resolução inapelável e injusta.

Amanhã, o dia renascerá transformado.

As circunstâncias se modificam, de minuto a minuto, e os reveses de agora serão alegrias no porvir.

Teça, com serenidade, a sua auréola de ventura porvindoura, aproveitando os ensinamentos que a dor lhe trouxe ao coração.

Não tema as dificuldades e prossiga com Jesus para a frente.

Busque a presença do Divino Amigo, em seus pensamentos e, na própria luta, encontrará infinitos motivos de reconforto e beleza, bom ânimo e paz.

Inicie o abençoado serviço da oração, hoje mesmo, e amanhã, provavelmente, você começará a rejubilar-se na colheita de luz.

FELIZ FINAL DE SEMANA.

MUITA PAZ

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

ACEITAR E RENOVAR

Emmanuel

Aceitarás a dificuldade, não por fardo de aflição que te arrase as energias,
mas por ensinamento que te habilite à mais ampla aquisição de
experiência.

Não te rebelarás contra a enfermidade...

Saberás, no entanto, afastá-la com os recursos curativos de que disponhas, imitando o devotamento do lavrador que protege a enxada em cuja cooperação encontra o pão de cada dia.

Entenderás os seres amados que te apresentem lamentáveis quadros de
provação, tolerando-lhe, com serenidade, até mesmo as injúrias...

Ainda que seja à distância, porém, não só farás o possível para desculpálos, como também te empenharás a auxiliá-los na melhoria do espírito.

Suportarás a preterição e o menosprezo nas áreas da atividade
profissional...

Não renunciarás, contudo, ao dever de aprimorar-te, a fim de ser mais útil à comunidade à qual te vinculas.

Até mesmo em nós próprios, admitiremos certas falhas de extinção difícil,
chegando a medir com sinceridade, a extensão de nossas deficiências...
Mas prosseguiremos, fazendo o melhor de nós, até que nos sintamos
curados das imperfeições que nos caracterizem, com o esmeril do
trabalho, ao calor da responsabilidade constante.

Paciência é compreensão.

Compreensão é luz de amor.

Aceitemos os obstáculos por testes de resistência, e as provas por lições...

Entretanto, saibamos acolhê-los, agindo sempre por superá-los na expansão do bem, de vez que estamos todos na forja da luta evolutiva, com a certeza de que degraus para cima é que configuram a estrada de elevação.


Feliz final de semana

Muita paz


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A PAZ

Enviada por Adriana Valvassori


A paz está dentro de ti.


Não há outros lugares para procurá-la.


Ela acontece a partir da tua compreensão, da tua disponibilidade em aceitar e aprender com os momentos que te chegam.



Quando chegas ao teu coração, inevitavelmente chegas à paz.



Ela se encontra no lugar onde tudo em ti se traduz em equilíbrio, harmonia e inocência.



A tua paz depende da tua atenção para com o teu interior, assim ela se
estende ao seu exterior, dando uma nova dimensão da tua realidade onde
tu consegues clarear, através dela, o que parece obscuro, desfazer os
nós onde tudo parece emaranhado, sem saída. 



Dá uma chance para a paz, a tua paz, e verás que a vida colore o que te
parece cinza, traz amor onde sentes haver ódio, traz abundância onde
pensas haver miséria, traz aconchego onde pensas haver frio, solidão. 



A vida muitas vezes não parece ser fácil, existindo momentos onde
desistimos de tudo, para simplesmente chorarmos pela nossa aparente
incapacidade em harmonizar tamanho caos que criamos, mas digo a ti:
procura por tua paz, procura pela tua quietude interior e tudo a tua
volta reluzirá na bênção Daquele que não deixa de olhar por ti, Daquele
que, eternamente, não deixa de ser a própria paz.


Muita paz

LEVANTE-SE SEMPRE


Enviada por Thaís Gardel

Todos tropeçam e caem, especialmente quando estão caminhando e buscando mudanças -- seu caso. Todos se machucam e sangram, por fora ou por dentro, mesmo quando querem somente viver a vida plenamente -- seu caso. Todos se sentem exaustos, um dia ou outro, e param a caminhada para descansar quando não conseguem dar nem mais um passo -- seu caso.

Seu caso, meu caso e o caso de todos os que estão vivos. Ninguém disse que nossa aventura de viver seria fácil mas, apesar dos tropeços, quedas, dores, tristezas, ferimentos, solidão e exaustão, ainda assim você é mais forte. Mesmo quando derrubado, ou derrubada, você pode levantar e continuar.

Você é mais forte do que suas aparentes limitações e a prova disso é que sente quando algo está limitando sua vida. Se não fosse mais forte, nem notaria. Você é mais forte do que seus ferimentos, razão pela qual busca curar-se o mais rapidamente possível para voltar ao combate na vida, na família, na empresa, na escola ou onde quer que seja necessário o seu retorno. Você é mais forte do que a tristeza porque, no fundo, deseja que ela se vá para dar lugar à alegria e felicidade.

Você é bem mais forte.

Mais forte do que pensam os outros, por melhor que conheçam você. Mais forte do que pensa você, por mais que acredite conhecer-se. Mais forte do que qualquer um sobre a Terra possa achar que você é. Sua força não pode ser medida em aparelhos, não pode ser guardada nem vendida. Ela está ai dentro e só você pode usa-la, quando achar que deve, quando achar que pode, quando achar que vai.

Suas derrotas não são permanentes, como diz Marilyn vos Savant ao afirmar: “Ser derrubado é freqüentemente uma condição temporária. Desistir é o que a torna permanente.” E você não vai desistir, porque você é mais forte, e sempre será mais forte.

Mostre isso ao mundo hoje e se, por qualquer razão, você tropeçar e cair, lembre-se: você é mais forte. Respire fundo, levante-se e não desista. Desistir é o que torna toda derrota permanente. Levantar-se é o que torna toda derrota somente mais uma lição em direção ao seu imbatível sucesso.

Muita paz

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O QUE É A VIDA


Vida não é manter um placar. Não é quantos amigos você tem, ou o quanto você é aceito. Não é sobre se você tem planos para este final de semana, ou se você está sozinho. Não é sobre quem você está namorando, quem você já namorou, ou quantas pessoas você já teve e se você nunca teve ninguém.

Não é sobre quem é sua família, ou quanto dinheiro ela tem. Ou que tipo de carro você dirige. Ou quando você foi mandado à escola... Não é sobre o quanto você é bonito ou feio, ou que roupas você usa, que sapatos você calça, que tipo de música você ouve.

Não é sobre se seus cabelos são loiros, vermelhos, pretos ou castanhos. Ou se sua pele é muito clara ou muito escura. Não é sobre que graduação você tem, o quão esperto você é, o quão esperto os outros pensam que você é, ou o quão inteligente os testes dizem que você é.

Não é sobre que clubes você freqüenta, ou o quanto você é bom no seu esporte. Não é sobre representar o seu ser inteiro em um pedaço de papel e ficar vendo quem irá aceitar o seu "eu" que está escrito.

A vida não é isso!

Mas a vida é, sim, sobre quem você ama e quem você machuca. É sobre quem você faz feliz ou infeliz propositalmente. É sobre manter ou trair a verdade. É sobre amizade, usada como algo sagrado ou como uma arma. É sobre o que você diz e pensa, às vezes contundente, às vezes encorajador.

É sobre iniciar rumores e contribuir para fofocas mesquinhas. É sobre que julgamentos você já passou e por quê. E como seus julgamentos foram espalhados ou difundidos. É sobre quem você tem ignorado com total controle e intenção.

É sobre ciúme, medo, ignorância e vingança. É sobre carregar internamente o amor e o ódio, deixando-os crescer e espalhando-os.

Vida é tudo aquilo com que preenchemos o espaço entre nós e nossos amigos, nossa família, nossos colegas, e também os nossos desafetos e até mesmo as pessoas que sequer conhecemos, a quem às vezes dizemos "bom dia", às vezes não dizemos nada.

Como você tem preenchido este espaço?

Muita paz


terça-feira, 15 de novembro de 2011

O REMÉDIO SALUTAR


A doença sempre constitui fantasma temível no campo humano, qual se a carne fosse tocada de maldição; entretanto, podemos afiançar que o número de enfermidades, essencialmente orgânicas, sem interferências psíquicas, é positivamente diminuto.

A maioria das moléstias procede da alma, das profundezas do ser. Não nos reportando à imensa caudal de provas expiatórias que invade inúmeras existências, em suas expressões fisiológicas, referimo-nos tão-somente às molétias que surgem, de inesperado, com raízes no coração.

Quantas enfermidades pomposamente batizadas pela ciência médica não passam de estados vibratórios da mente em desequilíbrio?
Qualquer desarmonia interior atacará naturalmente o organismo em sua zona vulnerável, Experimentar-lhe-á os efeitos no fígado; outro, nos rins e, ainda outro, no próprio sangue.
Em tese, todas as manifestações móbidas se reduzem a desequilíbrio, desequilíbrio esse cuja causa repousa no mundo mental.

A cura jamais chegará sem o reajustamento íntimo necessário, e quem deseje melhoras positivas na senda de elevação, perdoando as ofensas e amando os inimigos,  nele, possuímos remédio salutar para que saremos na qualidade de enfermos encarnados ou desencarnados.

Feliz feriado

Muita paz

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

RECONHECENDO O ARQUITETO


Quem é aquele que nos ouve as expressões do orgulho e se mantém silencioso? Quem é este que nos vê condená-lo e não permite que nenhuma fibra do Universo vibre negativamente? Quem é este que nos ouve os pedidos mesquinhos, as rogativas rancorosas, as reclamações absurdas e ainda assim se mantém incólume?

Afinal, quem é este que nos vê o coração enlameado pela violência, a sociedade dividida pela miséria, os seres se enganando pelo poder idealistas
sofrendo pelo bem, e,  ainda assim, permanece impassível, à espera do dia em que há de aflorar a justiça, a beleza e o bem, definitivamente?

Esse ser está presente, magistralmente na nossa vida, chama-se:  DEUS.

Feliz feriado

Muita paz

domingo, 13 de novembro de 2011

PAIXÃO

1 - O princípio da paixão tem qual finalidade?

O princípio da paixão tem por finalidade levar o homem ao bem, levar a grandes conquistas benéficas, impulsioná-lo a grandes realizações.

2 - Quando a paixão se torna negativa? Por que?

A paixão se tornar negativa quando dela abusa o homem; posto que quando o homem deixa de governar as paixões e passa a ser governado por ela , passa a abusar e exceder-se e aí reside sua forma negativa.

3 - Existe diferença entre o princípio da paixão e a paixão propriamente dita? Qual é a diferença? E Quais as consequências dela?

Sim, a paixão propriamente dita é o exagero de uma necessidade ou de um sentimento, está no excesso e não na causa. O princípio da paixão é impulsionador para as realizações. Enquanto que o princípio das paixões foi dado ao homem para o bem e para conduzí-lo a grandes coisas, a partir do seu abuso, seu excesso retira dele a capacidade de se conduzir conduzirá a grandes males.
4 - Quais as formas que podemos e devemos utilizar para combater a falta de direção quanto às paixões e às más tendências?

O Livro dos Espíritos nos orienta no sentido de que a oração é meio importante para o recebimento de ajuda , de auxílio para superar as paixões
e que a abnegação é o meio mais eficaz para se combater a predominância da natureza corpórea.

"Todo excesso no campo afetivo, a pretexto de amor, é simples posse, paixão disfarçada gerando desequilíbrio."(Irmão José)
Abraços com carinho no coração.


Muita paz


FELIZ DOMINGO

sábado, 12 de novembro de 2011

BOA TARDE

Você tem beleza interior.

Sinta que você tem uma beleza igual a do mais lindo  arco-íris.

Veja as belas cores do seu arco-íris interno como sendo inteligência, sentimento, vida, fé e esperança, e isso fará você muito feliz.

Não extinga essas cores com a borracha da tristeza, da ilusão ou da revolta, pois que não merecem ser tratadas assim. Tal como o arco-íris que decompôem a luz e indica a posição do sol, elas são DEUS dentro de você e ali estão para fazê-lo vencedor de dificuldades.

Uma linda cor é sabedoria de DEUS e descanso para os olhos.

Feliz final de semana.

Muita paz

Meu blog: hailtonsouza.blogspot.com

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

INIMIGOS DESENCARNADOS

Inimigos desencarnados

O ódio transpõe o túmulo. O inimigo desencarnado, portanto, é alguém que ofendemos em vidas passadas e hoje nos alcança para o necessário reajuste. No preceito de Jesus "Amai os vossos inimigos", encontramos o caminho para a reconciliação com o adversário.


1 - Como devemos agir para evitar que malquerenças e inimizades perdurem depois da morte?

Observando o preceito de Jesus, de amar os nossos inimigos, procedendo para com eles com a mesma retidão que gostaríamos fosse usada conosco.

"Não há coração tão perverso que (...) não se mostre sensível ao bom proceder."

Mediante o bom procedimento pode-se fazer de um inimigo um amigo, antes e depois de sua desencarnação.

2 - Que conseqüências nos traz alimentar o ódio contra outra pessoa?

O ódio que nutrimos pelo inimigo provoca neste um sentimento de igual intensidade contra nós, constituindo-se em instrumento de que Deus se utiliza para esclarecer aquele que não perdoou.

Devemos nos reconciliar o mais cedo possível com o nosso adversário, para que as discórdias não se perpetuem em existências futuras.

3 - Como libertar-se da ação nociva dos inimigos desencarnados?

Pela reforma íntima, à luz do Evangelho de Jesus, e através da prática do perdão e da caridade, em sua mais ampla acepção.

O Evangelho é abençoada escola de regeneração para todas as nossas faltas.

Essas atitudes, além de impedi-los de praticar o mal contra nós, os reconduzem ao caminho do bem.

Muita paz

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

BOA TARDE




Creia no valor dos seus pensamentos.

Não limite a sua mente e exercite em profundidade o seu poder de desvendar, de se controlar e amar, confiando que  pode operar maravilhas nas tarefas a que se dedicar.

Confie na sua capacidade e jogue para longe o que for fraqueza ou medo de insucesso. Seja forte na prova e obedeça à moral do respeito mútuo.

Tenha bons objetivos e neles permaneça. Espere ser bem-sucedido a todo tempo e considere-se preparado contra o atrapalho que surgir.

A vida é arte sua.

Quem fica de olhos vendados, acaba caindo no poço.

Muita paz

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

BOA TARDE


Todo pensamento, se repetido, passa a exercer domínio.

Se você pensar repetidamente que não é amado e por isso não deve amar, que não tem chances de progredir e que assim o futuro será medíocre, que é doente ou infeliz, essas idéias errôneas se firmam a ponto de trocar o certo pelo errado.

Pense assim: "Só tenho idéias agradáveis, de benefícios declarados. Estou bem com todas as pessoas. Irei progredir continuamente. Toda doença está afastada de mim, Sempre serei alegre e feliz".

Não dé entrada à decadência.

O mal, que se deixa entrar, dá trabalho para sair porque incha e fica maior que a porta.

Feliz dia.

Muita paz

terça-feira, 8 de novembro de 2011

MODO DE SENTIR

Só pela renovação íntima, progride a alma no rumo da vida aperfeiçoada.
Antes do Cristo, milhares de homens e mulheres morreram na cruz, entretanto, o madeiro do  Mestre converteu-se em luz inextinguível pela qualidade de sentimento com que o crucificado se entregou ao sacrifício, influenciando a maneira de sentir das  nações e dos séculos.
Crescer em bondade e entendimento é estender a visão e santificar os objetivos na experiência comum.
JESUS veio até nós a fim de ensinar-nos, acima de tudo, que o Amor é o caminho para a Vida Abundante.
Vives sitiado pela dor, pela aflição, pela  sombra ou pela enfermidade? Renova o teu modo de sentir, pelos padrões do Evangelho, e enxergarás propósito Divino da Vida, atuando em todos os lugares, com justiça e misericórdia, sabedoria e entendimento.

Muita paz