quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

JESUS

Espírito: EMMANUEL.

Ele não era um conquistador armado e, de século a século, aumenta a multidão daqueles que o seguem, n ´Ele reconhecendo o Modelo Divino, ao qual se oferece a vida; surgiu na palha, ao calor dos animais que o hospedaram na estrebaria a recorda-se-lhe o nascimento assinalado pelo fulgor de uma estrela; não dispunha de uma pedra em que repousar a cabeça e fundou o Reino de Deus, entre as nações; conquanto se reportasse aos mundos da imensidade por diversas moradas da Casa universal do Todo-Misericordioso, escolheu uma pátria que procurou conchegar ao coração; referia-se aos homens na condição de filhos do Pai Celestial e devotou-se a um círculo íntimo de companheiros queridos, vinculando-se a uma abnegada mãe, a quem amou enternecidamente; embora revelasse a vida imperecível, encontrou em si mesmo bastante sentimento humano para chorar a ausência de um amigo morto; conversou mais detidamente apenas com alguns sofredores, entre os quais se destacaram pobres mulheres e crianças de lugarejos esquecidos e traçou os mais altos ensinamentos que regem a paz e a felicidade dos povos; viveu em lares singelos e continua inspirando, até agora, na literatura e na arte, as mais belas obras-primas da Humanidade; humilde, fez-se poderoso renovador de consciências; discutido, sobreleva-se, ainda hoje, pela bondade, a todos os sofismas dos incrédulos que o desafiam; perseguido pelo mal, triunfou e triunfa com o bem, esquecendo as afrontas e abençoando os inimigos; crucificado, venceu a morte e ressurgiu entre os homens, junto dos quais permanece, sempre e cada vez mais vivo, em espírito, como sendo de todos os reformadores da Terra o mais digno e o mais querido, o mais contestado e o mais invencível!...
Mensageiro do Pai, erguido à posição de Mestre Divino, consagrado à nossa educação para a vida eterna, amou-nos antes que o amassemos e tudo nos dá de si próprio, sem nada pedir-nos!...
É por isso que todos nós, ano a no, somos induzidos, sem distinção de credo e raça, a cultivar o poder da fraternidade, uns diante dos outros, pelo menos um dia – O Dia de Natal -, transformando o mundo, por algumas horas, em Reino de Amor, prelibando as alegrias do Bem Eterno que nos governará de futuro, a repetir com as vozes milenárias dos anjos.
-

MUITA PAZ


Glória Deus nas Alturas, paz na Terra, boa vontade para com os homens!...

10 comentários:

  1. Essential post. As rose in all flower. Keep writings. Thanks.

    ResponderExcluir
  2. I like your post. Wordless comment. Thanks.

    ResponderExcluir
  3. Hai. Beautiful work. Write frequently and be beloved of others.Thanks.

    ResponderExcluir
  4. After many days such article have read and really enjoyed it. Thanks.

    ResponderExcluir
  5. Good job. Wants more relevant post. Thanks.

    ResponderExcluir
  6. Good post. Keep going and be useful for others. Thanks.

    ResponderExcluir
  7. Nice work. I appreciate it. Looking for such useful future works. Thanks.

    ResponderExcluir
  8. Very enjoyable post. I like it. Looking for more. Thanks.

    ResponderExcluir
  9. Useful post. We look forward for the next. Thanks.

    ResponderExcluir